消費物價指數基期修訂 REVISÃO DO PERÍODO BASE DO ÍNDICE DE PREÇOS NO CONSUMIDOR REBASING OF THE CONSUMER PRICE INDEX

43  Download (0)

Full text

(1)

消費物價指數基期修訂

REVISÃO DO PERÍODO BASE DO ÍNDICE DE PREÇOS NO CONSUMIDOR REBASING OF THE CONSUMER PRICE INDEX

二零一三年十月至二零一四年九月=100 Outubro/2013 – Setembro/2014 =100 October/2013 – September/2014 =100

如欲索取進一步資料,可聯絡 統計暨普查局文件暨資料傳播中心 Para efeitos de informação contacte o

Centro de Documentação e Difusão de Informação da DSEC Further information can be obtained from

Documentation and Information Centre of Statistics and Census Service

澳門宋玉生廣場 411 – 417 號皇朝廣場 17 樓 電話:8399 5311

傳真:2830 7825

Alameda Dr. Carlos d´Assumpção, Nº 411 - 417, Edf. Dynasty Plaza, 17º andar, Macau

Telefone: 8399 5311 Fax: 2830 7825

Alameda Dr. Carlos d´Assumpção, No. 411 - 417, Dynasty Plaza, 17th floor, Macao

Telephone: 8399 5311 Fax: 2830 7825

電郵﹕info@dsec.gov.mo E-Mail : info@dsec.gov.mo

網址﹕www.dsec.gov.mo Website: www.dsec.gov.mo

官方統計 Estatística Oficial

Official Statistics

倘刊登此等統計資料,須指出資料來源

A reprodução destes dados só é permitida com indicação da fonte Reproduction of these data is allowed provided the source is quoted

(2)

編輯:統計暨普查局 澳門,二零一五年四月 圖表設計:統計暨普查局 印刷:統計暨普查局

Editor: DSEC Macau, Abril de 2015 Design Gráfico: DSEC Impressão: DSEC

Published by: DSEC Macao, April 2015 Design: DSEC Printed by: DSEC

(3)

目錄 Índice Contents

澳門的消費物價指數 ... 5

Índice de Preços no Consumidor de Macau ... 15

Consumer Price Index of Macao ... 27

消費模式的更新及轉變 ... 5

Actualização e alteração da estrutura de consumo ... 15

Updating and Changes of Consumption Structure ... 27

價格收集 ... 6

Recolha de preços ... 17

Price Collection ... 29

住屋租金 ... 8

Rendas de habitação ... 19

Rentals for Housing ... 31

指數計算方法 ... 9

Método de cálculo do índice ... 20

Compilation of Index ... 32

不同基期消費物價指數的銜接 ... 12

Ligação do IPC a diferentes períodos base ... 23

Linking up CPI Series with Different Base Periods ... 35

對消費物價指數變動的貢獻 ... 12

Contribuição para a variação do IPC ... 24

Contribution to the Change of CPI ... 36

資料發佈 ... 13

Divulgação da informação ... 25

Data Dissemination ... 37

符號註釋 ... 38

Sinais convencionais Symbols 附錄 ... 39 Anexo

Appendix

(4)

白頁

Página vazia

Blank page

(5)

澳門的消費物價指數

消費物價指數是量度住戶普遍購買的商品及服務其價格變動的指標,通常用於反映消 費者面對的通貨膨脹。

澳門在

1983

10

月首次公佈本地消費物價指數。此後,統計暨普查局按照國際建 議,採用每五年一次的住戶收支調查結果,先後對消費物價指數作出

5

次修訂。統計暨普 查局是次按

2012/2013

住戶收支調查結果進行基期修訂工作,並自

2014

10

月開始公 佈以

2013

10

月至

2014

9

月為基期的消費物價指數。

由於住戶各有不同的消費模式,在扣除最低及最高消費的

10%住戶後,統計暨普查

局編制了三個系列的消費物價指數,以反映商品及服務價格在指定期間的變動對不同開支 組別住戶的影響。綜合消費物價指數反映物價變化對全澳整體住戶的影響;甲類消費物價 指數反映約

50%住戶,其每月平均開支在 10,000

29,999

澳門元之間;而乙類消費物 價指數反映約

30%住戶,每月平均開支在 30,000

54,999

澳門元之間。

消費模式的更新及轉變

住戶的消費習慣會隨著時間而產生變化,因此,統計暨普查局採用最新的住戶收支調 查結果,更新消費物價指數所涵蓋的具代表性的消費商品及服務、相應權數及收集價格的 商戶類型,並優化價格收集方法。

消費物價指數挑選的商品及服務為住戶最終消費項目,因此不包括用於轉移、投資、

儲蓄及轉售的商品,以及非消費開支。此外,商品及服務的數量和質量均假設為固定的,

因此,有關指數純粹反映價格的變動。

是次修訂剔除一些已被淘汰或佔住戶消費開支比重偏低的商品(如電子辭典及漫畫),

並加入開支比重有所增加的商品(如數碼單鏡反光相機及平板電腦),以及增加收集近年本 澳居民的旅遊熱點(如韓國、新加坡及馬來西亞)的旅行團團費及機票價格。

更新後的消費商品及服務共

761

項,較

2008/2009

基期增加

52

項。商品及服務分類 參考聯合國的「按目的劃分的個人消費分類」,結構如下:

大類 食物及非酒精飲品 衣履 (共11大類) 級別 食物 外出用膳 (共42級別) 組別 魚及海產 蔬菜 (共90個組別) 細分組 活或新鮮魚 海味 (共162細分組)

項目 活或新鮮鹹水魚 活或新鮮淡水魚 (共225個項目) 商品或服務 紅衫魚 石斑 (共761項商品/服務)

(6)

與上一基期比較,住戶在住屋租金及購買汽車的開支增加,令住屋及燃料和交通兩個 大類的權數上升,而食物及非酒精飲品大類的權數則有所下降。在綜合、甲類及乙類消費 物價指數中,食物及非酒精飲品、住屋及燃料和交通大類均佔有相當高的比重,對消費物 價指數的影響相對較大。

消費物價指數各大類權數

大類 綜合 甲類 乙類 綜合 甲類 乙類 10/2013–9/2014=100 4/2008–3/2009=100

總權數 100.00 100.00 100.00 100.00 100.00 100.00

食物及非酒精飲品 28.97 29.62 23.51 32.78 36.94 32.59

煙酒 0.92 0.90 1.05 1.12 1.44 1.06

衣履 6.46 6.43 6.69 6.75 4.82 7.63

住屋及燃料 26.70 27.76 17.84 22.82 27.22 20.76 家居設備及用品 3.29 3.26 3.54 3.13 2.19 3.60

醫療 3.06 3.02 3.45 2.90 2.71 2.91

交通 10.96 9.75 21.05 7.88 5.78 8.04

通訊 2.53 2.63 1.71 3.52 4.22 3.32

康樂及文化 4.79 4.73 5.28 5.93 4.71 6.45

教育 2.91 2.99 2.20 5.16 4.00 5.03

雜項商品及服務 9.41 8.91 13.67 8.02 5.96 8.60 註 : 因進位關係,各分項之和與總數可能略有差異

價格收集

消費物價指數是透過對一籃子住戶普遍購買的商品及服務進行連續性的價格比較,從 而計算有關變動。為收集具代表性的價格以客觀地反映消費物價的變動,增加了商戶數目 以收集具下列特徵的商品及服務:

1)

佔住戶總消費開支比重大的商品及服務;

2)

價格較波動的商品及服務;

3)

供應不穩定的商品及服務。

各大類的商品及服務、商戶及價格數目

大類 商品及服務 商戶及攤檔 每月平均收集 價格數目

總數 761 1,469(b) 8,190

食物及非酒精飲品 277 379 6,839

煙酒 10 41 96

衣履 85 150 334

住屋及燃料(a) 17 69 45

家居設備及用品 72 120 216

醫療 56 114 128

交通 46 105 95

通訊 22 20 14

康樂及文化 99 239 251

教育 12 31 11

雜項商品及服務 65 201 161

(a) 不包括租金調查的私人居住單位及社會房屋單位 (b) 會向個別商戶收集多於一項商品或服務的價格資料

Índice de Preços no Consumidor Rebasing of the Consumer Price Index

Revisão do Período Base do 消費物價指數基期修訂

6

(7)

街邊小販仍佔本澳零售業一定比重,因此,合法經營的固定街檔也是價格收集的對 象,主要包括在市政街市外圍售賣新鮮食品及鮮花的攤檔;此外,近年透過互聯網訂購機 票及酒店情況愈見普及,是次修訂亦增加對相關項目的價格收集。

每月平均收集的價格數目約

8,190

個,包括

5,066

個鮮活食品及

3,124

個其他食品、

商品及服務的價格。

為更好地反映本澳整體物價的變化,每項商品及服務的價格會儘量由不同堂區的商戶 處收集,對商戶較多及人口較密集的堂區會選取較多商戶收集價格。被選商戶的堂區分佈 如下:

按堂區的商戶分佈

%

堂區 基期

10/2013-9/2014=100 4/2008-3/2009=100

聖安多尼堂 31.1 30.8

大堂 27.6 26.8

花地瑪堂 18.1 17.4

風順堂 8.3 9.3

望德堂 7.2 8.2

氹仔 7.3 7.2

路環 0.2 0.1

註: 因進位關係,各百分比之和可能不等於100;

外勤工作人員按照下列準則記錄指定商品及服務的價格:

1)

消費者一次性支付購買商品或服務的金額,並已包含稅項及折扣;

2)

於商品推廣/減價期間,僅在所有顧客均可於一段時間內享受價格優惠的情況 下,方採用該項商品的優惠價格。

價格收集週期按商品的特性及其價格穩定性而訂定。例如鮮活食品因價格較波動,收 集週期一般為每星期兩次,而其他食品為每月一次。其他商品及服務的價格收集週期分別 為月份、季度、半年度或年度。對於由行政程序定價的項目(例如辦理證件的手續費、汽 車牌費等),調整的價格會在生效月份反映於消費物價指數內。

因商品短暫缺貨或商戶短期休業等原因而未能收集價格時,以下列方法處理:

1)

商品短暫缺貨:假設本期商品或服務的價格不變;

2)

商戶短期休業:以其他商戶同一商品的價格變動估計本期商品之價格。

(8)

如確定商品屬長期缺貨或商品的特徵(如規格、單位等)有明顯改變時,會進行商品替 代,替代商品須符合以下條件:

1)

替代商品與原商品屬同一商品及服務類別;

2)

替代商品的質量及特徵與原商品相似;

3)

替代商品屬市場上較普及的產品。

若商戶長期休業或已結業,將進行商戶替代,而替代商戶須符合以下條件:

1)

售賣類似的商品;

2)

有相近的經營規模;

3)

地理位置上接近原商戶

(

如屬於同一堂區

)

4)

有類似的顧客群。

如替代商戶未有提供在原商戶被選中的全部商品及服務,將按前述條件尋找其他替代 商戶,以收集餘下的商品及服務價格。

住屋租金

消費物價指數的住屋租金分為實際住屋租金及假設住屋租金。

實際住屋租金反映租用住宅單位所繳付的租金金額變動情況,包括私人住宅單位及社 會房屋單位;資料透過「租金調查」收集。「租金調查」每季向約七百個住宅單位收集私 人住屋租金的資料;單位樣本分為三組,每月以直接上門或利用電腦輔助電話訪問系統

(CATI)方式收集一組住宅單位的租金資料。每月收集的一組資料,將結合前兩個月的租

金,組成一期資料,然後利用前一期相同的單位,計算兩期的平均租金,比較其升幅,並 應用於計算按堂區和單位面積分層的指數。最後根據各堂區和面積分層的權數,加權計算 私人住宅單位租金指數。對於未能聯絡、業主自住、空置等不合適的單位,將按照單位所 處堂區及實用面積分層於下一季度進行替代。

假設住屋租金反映居住於自置住宅單位的住戶其住屋消費變動,採用的方法為“對應 租值法”,即假設自置住宅單位的租金變動與同一堂區相同實用面積分層的出租住宅單位 的變動相同。根據租金調查所得的租金資料,按業主自住假設租金的權數計算假設住屋租 金指數。

另一方面,社會房屋的租金資料由房屋局按季提供,根據兩季已租出的相同社會房屋 單位的租金變動情況,計算社會房屋租金指數。

最後,按

2012/2013

住戶收支調查結果的相應比重,將私人住宅單位、自置住宅單位

及社會房屋的租金指數歸入「住屋及燃料」大類作計算。

Índice de Preços no Consumidor Rebasing of the Consumer Price Index

Revisão do Período Base do 消費物價指數基期修訂

8

(9)

指數計算方法

消費物價指數的計算共分三個步驟:

首先計算每項商品/服務的平均價格。新鮮食品的平均價格採用簡單算術平均計算;

而其他商品及服務的平均價格則參考國際建議,採用幾何平均計算,這主要是當同一商品 的價格相差較大時,可減輕對平均價格的影響。

接著是計算基本指數。以環比方法計算商品的基本指數,將每項商品/服務在本期(t) 及上期(t-1)價格比較所得的變動,乘以上期指數而得出本期的指數值。此計算方法無需直 接與基期比較,使進行缺值的估計及商品/服務替代時更為便捷。

最後將基本指數加權平均,按步計算上層的指數,分別為:項目、細分組、組別、級 別、大類,以及消費物價指數。與許多國家一樣,澳門的消費物價指數採用拉斯佩爾指數

(Laspeyres Index)計算,公式如下:

100

*

*

*

1

) ( ) ( 1

) ( ) ( )

(

0 0

0

=

= N=

j

t t

N

j

t t t

qj pj

qj pj

I

*100

*

1 ) (

1 ( )

) ( ) ( )

(

0 0 0

=

= = N

j t N

j t

t t

t

Wj pj Wj pj

I

其中:

j 某種商品/服務 N 商品及服務總數

t0 基期

t 本期

)

pj(t 在本期t商品項目j的價格

) (t0

pj 在基期t0商品項目j的價格

) (t0

qj 在基期t0商品項目j的消費數量

) (t0

Wj 在基期t0商品項目j的權數

商品/服務的平均價格 新鮮食品:

h pj pmj

h

j t t

= =1 ) ( )

(

)

pmj(t 在本期t商品項目j的平均價格

)

pj(t 在本期t每商戶中商品項目j的價格 h 商品項目j的價格數目

(10)

其他商品及服務:

( )

t h

t pj

pmj() =

() 1

)

pmj(t 在本期t商品項目j的平均價格 )

pj(t 在本期t每商戶中商品項目j的價格 h 商品項目j的價格數目

基本指數

) 1 ( ) 1 (

) ( )

(

*

=

t

t t

t

Ij

pmj Ij pmj

)

Ij(t 在本期t商品或服務j的指數

)

pmj(t 在本期t商品或服務j的平均價格

) 1 (t

pmj 在上期t-1商品或服務j的平均價格

) 1 (t

Ij 在上期t-1商品或服務j的指數

項目指數

=

= = n

j t n

j

t t

t

Wj Ij Wj Ii

1 ) ( 1

) ( ) ( )

(

0

0 *

)

Ii( t 在本期t項目i的指數

) (t0

Wj 在基期t0項目i 中每項商品或服務j的權數 n 在項目i中商品或服務的數目

分組指數

=

= = n

i t n

i

t t

t

Wi Ii Wi Iu

1 ) ( 1

) ( ) (

) (

0

0 *

)

Iu( t 在本期t細分組u的指數

) (t0

Wi 在基期t0細分組u中每項項目i的權數 n 在細分組u中項目的數目

Índice de Preços no Consumidor Rebasing of the Consumer Price Index

Revisão do Período Base do 消費物價指數基期修訂

10

(11)

組別指數

Ig

Wu Iu

Wu

t

t t

u r

t u ( ) r

( ) ( )

( )

*

= =

=

0

0

1

1

)

Ig(t 在本期t組別g的指數

) (t0

Wu 在基期t0組別g中每一細分組u的權數 r 在組別g中細分組的數目

級別指數

Ic

Wg Ig

Wg

t

t g

y

t

t g ( ) y

( ) ( )

( )

*

= =

=

0

0

1

1

)

Ic(t 在本期t級別c的指數

) (t0

Wg 在基期t0級別c中每一組別g的權數 y 在級別c中組別的數目

大類指數

Is

Wc Ic

Wc

t

t t

c v

t c ( ) v

( ) ( )

( )

*

= =

=

0

0

1

1

)

Is(t 在本期t大類s的指數

) (t0

Wc 在基期t0大類s中每一級別c的權數

v 在大類s中的級別數目

消費物價指數

=

= = z

s t z

s

t t t

Ws Is Ws CPI

1 ) ( 1

) ( ) ( )

(

0

0 *

)

CPI(t 在本期t的消費物價指數

) (t0

Ws 在基期t0消費物價指數中每一大類s的權數 z 組成消費物價指數大類數目

(12)

不同基期消費物價指數的銜接

為使不同基期的消費物價指數能作比較,可將舊基期指數乘以轉換因子,使其與新基 期指數銜接;轉換因子是

2014

10

月新舊基期消費物價指數的比率。

例如:

綜合消費物價指數和實際住屋租金指數的轉換因子為:

201410月指數值

轉換因子 10/2013-9/2014=100 4/2008-3/2009=100

a b c = a / b

綜合消費物價指數 102.67 132.96 0.7722 實際住屋租金指數 107.58 138.47 0.7769

利用指數乘以相應的轉換因子可以把

2008/2009

為基期的

2013

11

月綜合消費物 價指數

(125.88)

和實際住屋租金指數

(122.25)換算成以 2013/2014

為基期的指數。

201311

指數值 轉換因子

201311 指數值

4/2008-3/2009=100 10/2013-9/2014=100

a b c = a x b

綜合消費物價指數 125.88 0.7722 97.20 實際住屋租金指數 122.25 0.7769 94.98

指數的變動率不會因換算基期而改變;另外,指數在相同的新基期下方可作比較。

對消費物價指數變動的貢獻

透過計算對消費物價指數變動的貢獻,有助了解各大類以至各分層項目對消費物價指 數變動的影響,其計算方式如下:

( )

( )

[ ]

=

= Z

S

t t

t

t t

t t

WS IS

IS

WS IS

CS IS

1

) ( ) 1 ( ) (

) ( ) 1 ( ) ( )

(

0 0

*

*

* 100

)

CS(t t期,大類S在消費物價指數變動率中所佔比率

)

IS(t t期,大類S的指數

) 1 (t

IS t-1期,大類S的指數

) (t0

WS t0期(基期),大類S的權數

Z 組成消費物價指數大類數目

上述計算方式可引用於大類以下各分層項目。

Índice de Preços no Consumidor Rebasing of the Consumer Price Index

Revisão do Período Base do 消費物價指數基期修訂

12

(13)

例如:

要計算

2014

11

月食物及非酒精飲品對綜合消費物價指數按月變動的貢獻,首先 計算各大類

2014

10

月及

11

月指數差與權數之積。接著將各大類指數差與權數之積加 總,其總和為

47.74。最後將食物及非酒精飲品指數差與權數之積乘以 100,再除以此總

和 (即 9.96 * 100 / 47.74),便可得出

2014

11

月食物及非酒精飲品對綜合消費物價指 數按月變動的貢獻

20.86%。

大類

2014 11月指數值

2014

10月指數值 權數

d=(a-b)*c 貢獻(%)

a b c

食物及非酒精飲品 102.8983 102.5545 28.97 9.96 20.86

2014

11

月綜合消費物價指數按月上升

0.46%

,而食物及非酒精飲品大類的按月升

幅為

0.34%

,對綜合消費物價指數變動的貢獻為

20.86%

。因此,食物及非酒精飲品帶動

綜合消費物價指數按月上升

0.10

個百分點

(即 0.46 %* 20.86%)

資料發佈

綜合、甲類及乙類消費物價指數最新數據和變動率會按月以快訊形式公佈。同時,有 關 消 費 物 價 指 數 的 資 料 及 統 計 表 亦 在 公 佈 當 日 上 載 於 統 計 暨 普 查 局 網 頁

(www.dsec.gov.mo)

。本局網頁設有統計數據庫,以方便資料使用者查詢前期數據。

本局每年亦會出版消費物價指數報告,詳細說明該年消費物價整體變化及各大類指數 的變動對消費物價指數的影響。

此外,有關消費物價指數的資料亦刊載於《統計月刊》、《統計年鑑》、《澳門資料》

等官方統計刊物。

(14)

白頁

Página vazia

Blank page

(15)

Índice de Preços no Consumidor de Macau

O Índice de Preços no Consumidor (IPC), é um indicador que mede as variações dos preços de bens e serviços geralmente adquiridos pelos agregados familiares, servindo frequentemente para reflectir a inflação enfrentada pelos consumidores.

Publicou-se pela primeira vez o IPC em Macau no mês de Outubro de 1983. Desde então a Direcção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC) efectuou cinco revisões do período base do IPC, segundo as recomendações internacionais e com base nos resultados do Inquérito aos Orçamentos Familiares (IOF) realizado quinquenalmente. O corrente período base remete para os resultados do IOF 2012/2013 e a nova série do IPC, com o período base de Out./2013 a Set./2014 tem sido divulgada desde Outubro de 2014.

Devido à variedade da estrutura de consumo dos agregados familiares, a DSEC compila três séries do IPC, após a dedução de 10% das famílias com maior e e de 10%

com menor capacidade de consumo, de forma a refectir o impacto da variação dos preços de bens e serviços, num determinado período, nos agregados que compôem cada uma das três faixas de despesa. Assim, o IPC Geral permite conhecer a influência da variação de preços na generalidade das famílias de Macau, o IPC-A reflecte o impacto em 50% das famílias residentes com despesa mensal entre 10.000 e 29.999 patacas e o IPC-B representa o mesmo indicador para 30% das famílias residentes com despesa mensal entre 30.000 e 54.999 patacas.

Actualização e alteração da estrutura de consumo

Os hábitos de consumo das famílias alteram-se com o passar do tempo, pelo que a DSEC adopta os resultados recentes do IOF para actualizar os bens e seviços mais representativos a abranger no cabaz do IPC, assim como as correspondentes ponderações e os tipos de estabelecimentos para recolha de preços, sendo paralelamente optimizado o respectivo método de recolha.

Os bens e serviços seleccionados para o IPC são itens de consumo final das famílias, excluindo-se portanto os bens adquiridos para transferir, investir, poupar ou revender, bem como as despesas não relacionadas com o consumo. Além disso, supõe-se que se mantenham constantes a quantidade e a qualidade desses bens e serviços, pelo que os respectivos índices apenas reflectem as variações de preços.

Na última revisão do período base, ficaram excluídos alguns bens obsoletos, cuja ponderação se tornou insignificante em relação às despesas de consumo das famílias (tais como: dicionários eletrónicos e banda desenhada), enquanto que foram acrescentados outros bens que adquiriram importância (tais como: máquinas fotográficas DSLR e PCs tipo tablet). Além disso, foram também adicionados à recolha os preços das excursões turísticas e dos bilhetes de avião dos residentes de Macau para os destinos turísticos mais populares nos últimos anos (tais como: República da Coreia, Singapura e Malásia).

(16)

Após a actualização, os bens e serviços de consumo abrangidos pelo IPC totalizaram 761, mais 52 itens face ao período base 2008/2009. Os bens e serviços são classificados de acordo com a Classificação do Consumo Individual por Objectivo das Nações Unidas, num cabaz estruturado da forma exemplificada:

Secções: Produtos alimentares e

bebidas não alcoólicas Vestuário e calçado (Um total de 11)

Classes: Produtos alimentares Refeições adquiridas

fora de casa (Um total de 42)

Grupos: Peixes e produtos do mar Produtos hortícolas (Um total de 90)

Sub-grupos: Peixe vivo ou fresco Peixes do mar, secos (Um total de 162)

Itens: Peixe vivo ou fresco de água salgada

Peixe vivo ou fresco de

água salgada (Um total de 225)

Bens ou serviços: Fio amarelo Garoupa (Um total de 761)

Relativamente ao período base anterior, subiram as ponderações das secções de habitação e combustíveis, bem como de transportes, devido ao aumento das rendas de casa e das despesas das famílias em aquisição de automóveis. Em contrapartida, desceu a ponderação da secção de produtos alimentares e de bebidas não alcoólicas. No IPC geral, IPC-A e IPC-B preponderam os pesos das secções de produtos alimentares e bebidas não alcoólicas, de habitação e combustíveis, bem como de transportes, implicando que são estas as que exercem maior influência no IPC.

Ponderações das secções do IPC

Secções IPC Geral IPC-A IPC-B IPC Geral IPC-A IPC-B

10/2013–9/2014=100 4/2008–3/2009=100

Total 100,00 100,00 100,00 100,00 100,00 100,00

Produtos alimentares e bebidas não alcoólicas

28,97 29,62 23,51 32,78 36,94 32,59

Bebidas alcoólicas e tabaco 0,92 0,90 1,05 1,12 1,44 1,06

Vestuário e calçado 6,46 6,43 6,69 6,75 4,82 7,63

Habitação e combustíveis 26,70 27,76 17,84 22,82 27,22 20,76 Equipamento doméstico e

materiais de utilização corrente

3,29 3,26 3,54 3,13 2,19 3,60

Saúde 3,06 3,02 3,45 2,90 2,71 2,91

Transportes 10,96 9,75 21,05 7,88 5,78 8,04

Comunicações 2,53 2,63 1,71 3,52 4,22 3,32

Recreação e cultura 4,79 4,73 5,28 5,93 4,71 6,45

Educação 2,91 2,99 2,20 5,16 4,00 5,03

Produtos e serviços diversos 9,41 8,91 13,67 8,02 5,96 8,60 Nota: Os totais não perfazem o somatório de todos os valores, devido a arrendondamentos.

Índice de Preços no Consumidor Rebasing of the Consumer Price Index

Revisão do Período Base do 消費物價指數基期修訂

16

(17)

Recolha de preços

Efectuaram-se comparações consecutivas de preços de bens e serviços do cabaz do IPC para calcular as respectivas variações. Com o intuito de assegurar a representatividade dos preços, de forma a reflectir objectivamente as varaições do IPC, aumentou-se o número de estabelecimentos de recolha, de acordo com as seguintes características:

1) Bens e serviços com maior peso em relação ao total das despesas das famílias;

2) Bens e serviços com preços mais flutuantes;

3) Bens e serviços com fornecimentos instáveis.

Número de bens e serviços, estabelecimentos/tendas e preços recolhidos, por secção

Secção Bens e serviços Estabelecimentos/

tendas

Preços recolhidos (média mensal)

Total 761 1,469 (b) 8,190

Produtos alimentares e bebidas não alcoólicas

277 379 6,839

Bebidas alcoólicas e tabaco 10 41 96

Vestuário e calçado 85 150 334

Habitação e combustíveis (a) 17 69 45

Equipamento doméstico e materiais de utilização corrente

72 120 216

Saúde 56 114 128

Transportes 46 105 95

Comunicações 22 20 14

Recreação e cultura 99 239 251

Educação 12 31 11

Produtos e serviços diversos 65 201 161

(a) Exclui as unidades de habitação privadas abrangidas no Inquérito às Rendas e as unidades de habitação social.

(b) Junto de alguns estabelecimentos é recolhida a informação dos preços de mais de um bem e serviço.

Os vendedores ambulantes das tendas situadas na via pública representam ainda uma notável proporção do comércio a retalho de Macau, pelo que as tendas licenciadas são incluídas como objecto da recolha de informação, com destaque para as que vendem produtos alimentares frescos e flores frescas nas zonas adjacentes aos mercados municipais. Além disso, nos últimos anos, têm-se popularizado as compras e as reservas de viagens (bilhetes de avião e de quartos de hotéis) através da internet, pelo que foi acrescentada nesta revisão a recolha de preços destes itens.

A média do número de preços recolhidos mensalmente é de 8.190, incluindo 5.066 preços de produtos alimentares frescos e 3.124 de outros produtos alimentares, assim como de bens e serviços.

Com o intuito de reflectir melhor as variações de preços gerais de Macau, recolhem-se, tanto quanto possível, os preços de cada item de bens de serviços junto de estabelecimentos de diferentes freguesias. Seleccionam-se tantos mais estabelecimentos para a recolha, quanto maior fôr o número de estabelecimentos e a densisade populacional

(18)

da freguesia. A distribuição geográfica dos estabelecimentos seleccionados por freguesia é a seguinte:

Distribuição geográfica dos estabelecimentos por freguesia

%

Freguesia Período base

10/2013-9/2014=100 4/2008-3/2009=100

St° António 31,1 30,8

27,6 26,8

Na. Sra. de Fátima 18,1 17,4

São Lourenço 8,3 9,3

São Lázaro 7,2 8,2

Ilha da Taipa 7,3 7,2

Ilha de Coloane 0,2 0,1

Nota: A soma das parcelas pode não corresponder a 100, devido a arredondamentos;

Os trabalhadores externos da DSEC registam os preços de bens e serviços específicos, de acordo com os seguintes critérios:

1) O montante pago de uma só vez pelo consumidor na compra do bem ou serviço, incluído o imposto e eventual desconto;

2) O preço em promoção ou em saldo, na condição de que todos os clientes gozam desse benefício temporário.

A periodicidade da recolha de preços é determinada consoante as características e a estabilidade dos preços dos bens e serviços. Por exemplo, a recolha de preços dos produtos alimentares frescos realiza-se duas vezes por semana, dada a grande flutuação dos preços, enquanto que para os outros produtos alimentares se realiza uma vez por mês.

Para outros bens e serviços a periodicidade pode ser mensal, trimestral, semestral ou anual.

Quanto aos itens cujos preços são definidos por procedimentos administrativos (tais como:

taxas de formalidades para obtenção de documentos, taxa de imposto automóvel, etc.), os respectivos preços ajustados serão reflectidos no IPC, a partir do mês em que entrarem em vigor.

Nos casos em que não é possível recolher informação sobre os preços devido à falta temporária de stock ou à suspensão temporária do funcionamento do estabelecimento, são adoptados os seguintes métodos:

1) Falta temporária de stock: supõe-se que os preços dos bens ou dos serviços permanecem inalterados nesse período;

2) Suspensão temporária do funcionamento do estabelecimento: estima-se o preço do bem nesse período, em conformiade com a variação de preço do mesmo bem em outros estabelecimentos.

Índice de Preços no Consumidor Rebasing of the Consumer Price Index

Revisão do Período Base do 消費物價指數基期修訂

18

(19)

Quando um produto permanece esgotado, ou as suas características sofrem alterações significativas (tais como: especificações, unidade de medida, etc.) procede-se à sua substituição, de acordo com os seguintes critérios:

1) O novo bem e o bem original pertencem ao mesmo tipo de bens;

2) A qualidade e as características do novo bem assemelham-se ao original;

3) O novo bem tem de ser mais popular no mercado.

Se o estabelecimento suspender o funcionamento a longo prazo ou entrar em falência, procede-se à sua substituição, com as seguintes condições:

1) Vender bens semelhantes;

2) Ter uma dimensão de exploração semelhante;

3) Ficar perto do estabelecimento original (pertencer à mesma freguesia);

4) Possuir clientes semelhantes.

Se o novo estabelecimento não fornecer todos os bens e serviços seleccionados no estabelecimento original, procuram-se outros estabelecimentos a fim de recolher os preços desses bens e serviços, em conformidade com as condições acima mencionadas.

Rendas de habitação

As rendas de habitação do IPC incluem as rendas efectivas e as imputadas.

As rendas de casa efectivas reflectem as variações das rendas pagas das unidades de alojamento arrendadas, incluindo alojamento privado e habitação social. A informação é recolhida através do Inquérito às Rendas, com periodicidade trimestral, que abrange 700 unidades de alojamento privadas. A respectiva amostra divide-se em três grupos e os entrevistadores recolhem mensalmente a informação de um dos grupos, quer em entrevista directa, ou através do Sistema de Entrevistas Telefónicas Computorizadas (CATI). Em cada mês a informação combina as rendas recolhidas com as dos dois meses anteriores, utilizando as mesmas unidades do período anterior para calcular a renda média de unidades idênticas. Assim, pode comparar-se a tendência ascendente, permitindo calcular o índice de rendas por freguesia e por área útil das unidades de alojamento. No final, apura-se o índice das rendas das unidades de alojamento privadas, ponderado por localização e área útil. Nos casos em que a unidade não pode ser contactada, está ocupada pelo proprietário ou está desocupada, a mesma é substituda no próximo trimestre por outra da mesma freguesia e com a mesma área útil.

Quanto às rendas de casa imputadas, reflectem as variações de consumo de habitação dos agregados familiares que residem em unidades de alojamento adquiridas, aplicando-se o método de Rental Equivalence Approach, ou seja, supõe-se que a variação das respectivas rendas é idêntica à das unidades de alojamento arrendadas com a mesma área útil, situadas na mesma frequesia. Com base na informação obtida através do Inquérito às Rendas, calcula-se o índice de rendas imputadas, segundo a ponderação das rendas das unidades de alojamento em que residem os proprietários.

(20)

Por seu turno, a informação sobre as rendas da habitação social é fornecida trimestralmente pela Direcção dos Serviços de Habitação (DSH). Apura-se o índice de rendas da habitação social, com base nas oscilações dos montantes dos arrendamentos de unidades de habitação social semelhantes, nos últimos dois trimestres.

No final, incorporam-se na secção de habitação e combustíveis os índices de rendas das unidades privadas arrendadas, das unidades privadas adquiridas e das unidades de habitação social, segundo as respectivas ponderações, de acordo com os resultados do IOF 2012/2013.

Método de cálculo do índice

Calcula-se o IPC em três etapas:

Em primeiro lugar são calculados os preços médios de cada bem ou serviço. Os preços médios dos produtos alimentares frescos são apurados por média aritmética simples, enquanto que os de outros bens e serviços são calculados por média geométrica, tendo por referência as recomendações internacionais, minimizando-se assim o efeito de distorção da média devido à variação dos preços.

Em seguida, calcula-se o índice básico. Utiliza-se o método em cadeia, ou seja, as variações médias dos preços no período base (t) e dos do período anterior (t-1), são multiplicadas pelo índice do período anterior, para obter o índice do período em análise. O índice em cadeia implica a comparação entre preços médios do período corrente e anterior, o que facilita a estimativa de preços em falta e a substituição de bens ou serviços.

Finalmente, os índices básicos são ponderados em progressão ascendente, nomeadamente, item, subgrupo, grupo, classe e secção, até chegar ao IPC. À semelhança de outros países, adoptou-se o índice de Laspeyres para calcular o IPC de Macau, através da seguinte fórmula:

100

*

*

*

1

) ( ) ( 1

) ( ) (

) (

0 0

0

=

= N=

j

t t

N

j

t t

t

qj pj

qj pj

I

ou

*100

*

1 ) (

1 ( )

) ( ) (

) (

0 0 0

=

= = N

j t N

j t

t t

t

Wj pj Wj pj

I

onde

j Bem ou serviço (produto) N Número total de produtos

t0 Período base t Período corrente

pj( )t Preço do produto j no período corrente t

) (t0

pj Preço do produto j no período base, t0

qj( )t0 Quantidade do produto j consumida no período base t0 )

(t0

Wj Ponderação do produto j no período base t0

Índice de Preços no Consumidor Rebasing of the Consumer Price Index

Revisão do Período Base do 消費物價指數基期修訂

20

(21)

Preço médio de bens ou serviços Produtos alimentares frescos:

h pj pmj

h

j t t

=

=1 ) ( )

(

pmj( )t Preço médio do produto j no período corrente t

pj

( )t Preço do produto j observado em cada estabelecimento no período corrente t h - Número de preços recolhidos do produto j

Outros bens e serviços:

( )

t h

t pj

pmj( ) =

() 1

)

pmj(t Preço médio do produto j no período corrente t

)

pj(t Preço do produto j observado em cada estabelecimento no período corrente t h Número de preços recolhidos do produto j

Índice básico

) 1 ( ) 1 (

) ( )

(

*

=

t

t t

t

Ij

pmj Ij pmj

Ij( )t Índice de bem ou serviço j no período corrente t

)

pmj(t Preço médio do bem ou serviço j no período corrente t

) 1 (t

pmj Preço médio do bem ou serviço j no período anterior t-1

) 1 (t

Ij Índice de bem ou serviço j no período anterior t-1

Índice de item

=

=

= n

j t n

j

t t

t

Wj Ij Wj

Ii

1 ) ( 1

) ( ) ( )

(

0

0

*

)

Ii( t Índice do item i no período corrente t Wj( )t

0 Ponderação de cada bem ou serviço j no item i, no período base t0

n Número de bens ou serviços no item i

(22)

Índice de subgrupo

=

=

= n

i t n

i

t t

t

Wi Ii Wi

Iu

1 ) ( 1

) ( ) ( )

(

0

0

*

I u( )t Índice do subgrupo u no período corrente t

) (t0

Wi Ponderação de cada item i no subgrupo u, no período base t0

n Número de itens no subgrupo u

Índice de grupo

Ig

Wu Iu

Wu

t

t t

u r

t u

( ) r

( ) ( )

( )

*

=

=

=

0

0

1

1

Ig( )t Índice do grupo g no período corrente t

) (t0

Wu Ponderação de cada subgrupo u no grupo g, no período base t0

r Número de subgrupos no grupo g

Índice de classe

Ic

Wg Ig

Wg

t

t g

y

t

t g

( ) y

( ) ( )

( )

*

=

=

=

0

0

1

1

Ic( )t Índice do classe c no período corrente t Wg(t )

0 Ponderação de cada grupo g na classe c, no período base t0

y Número de grupos na classe c Índice de secção

Is

Wc Ic

Wc

t

t t

c v

t c

( ) v

( ) ( )

( )

*

=

=

=

0

0

1

1

Is( )t Índice da secção s no período corrente t

Wc(t0) Ponderação de cada classe c na secção s, no período base t0

v Número de classes na secção s

Índice de Preços no Consumidor Rebasing of the Consumer Price Index

Revisão do Período Base do 消費物價指數基期修訂

22

(23)

Índice de Preços no Consumidor(IPC)

=

= = z

s t z

s

t t

t

Ws Is Ws

CPI

1 ) ( 1

) ( ) ( )

(

0

0 *

)

CPI( t Índice dos preços no consumidor no período corrente t Ws( )t

0 Ponderação de cada secção s do IPC no período base t0

z Número das secções que constituem o IPC

Ligação do IPC a diferentes períodos base

Com o intuito de efectuar as comparações do IPC com os diferentes períodos base, o IPC do período base anterior é multiplicado por um factor de conversão para ligar com o novo período base. O factor de conversão é o rácio entre o IPC do novo e o do antigo período base, para Outubro de 2014.

Exemplo:

Factores de conversão do IPC geral e do índice das rendas de casa efectivas:

Valor do índice em Outubro de 2014 Factor de conversão 10/2013-9/2014=100 4/2008-3/2009=100

a b c = a / b

IPC Geral 102,67 132,96 0,7722

Índice das rendas de casa

efectivas 107,58 138,47 0,7769

Multiplicando o índice pelo correspondente factor de conversão, pode converter-se o IPC geral (125,88) e o índice das rendas de casa efectivas (122,25), referentes a Novembro de 2013, com o período base 2008/2009, para o índice com o período base 2013/2014.

Valor do índice em

Novembro de 2013 Factor de conversão

Valor do índice em Novembro de 2013

4/2008-3/2009=100 10/2013-9/2014=100

a b c = a x b

IPC Geral 125,88 0,7722 97,20

Índice das rendas de casa

efectivas 122,25 0,7769 94,98

A taxa de variação do índice não se altera devido à conversão do período base. Além disso, os índices apenas podem ser comparados desde que tenham o mesmo período base.

Figure

Updating...

References

Related subjects :