ESTATÍSTICAS DAS INDÚSTRIAS CULTURAIS

Download (0)

Full text

(1)

-

-

-

-

Principais indicadores

Total Design criativo

Mídia digital

Nota: Os totais podem não coincidir com a soma das parcelas, devido aos arredondamentos.

Design criativo Principais indicadores

Organismos (Nº) Trabalhadores ao serviço Receitas dos serviços (106 MOP) Valor acrescentado bruto (VAB) Despesas com pessoal Formação bruta de capital fixo

Nota:

www.dsec.gov.mo 2016.12

622,6

Alameda Dr. Carlos d'Assumpção, nº 411-417, Edf. Dynasty Plaza, 17º andar, Macau  Tel: (853) 8399 5311  Fax: (853) 2830 7825   E-mail : info@dsec.gov.mo 121,3

1 820,7

329,1 29,2

34,1

2014 726 2 791

397,6 1 167,5 100,0

1820,7 6243,7

106 MOP 2 054,8

622,6 Peso (%)

Valor acrescentado bruto (VAB)

Exposições e espectáculos culturais

Peso (%)

919

21,6

1 708

106 MOP Organismos

77,8

3,6 1 564,9

100,0

417,3 26,7 30,3

1,8 27,8

15,5

417,3

Despesas com pessoal

0,4 8,1 743,3

Peso (%) 106 MOP Peso (%)

77,1

A área “Design criativo” engloba serviços de design: de marcas, de produtos culturais e criativos, de exposições, de moda e vestuário, de publicidade, industrial e de arquitectura. No ano de referência existiam 919 organismos em actividade, predominando os do ramo da publicidade (601), seguindo-se-lhe o design especializado (121).

Dos 3.336 trabalhadores ao serviço, destaca-se que 2.185 (65,5%) pertenciam ao ramo da publicidade e 397 (11,9%) ao design especializado. As despesas com pessoal equivaleram a 420 milhões de Patacas.

131,2 56,0

1 311,5

56,8 13,7

MOP - Patacas de Macau 47,9

919 3 336

1346,1 230,7 242,9

876,8

1,4 1,7

11,2 Colecção de obras

artísticas 109 87,8

512 2989,0

2015

Formação bruta de capital fixo

168

ESTATÍSTICAS DAS INDÚSTRIAS CULTURAIS

Os dados de 2015 incluem os serviços de design de arquitectura, pelo que não podem ser comparados directamente com os de 2014.

De entre as quatro áreas, coube à “Mídia digital” o montante mais elevado em termos de receitas, assim como em valor acrescentado das indústrias culturais, correspondentes a 47,9% (2,99 mil milhões de Patacas) e 56,8% (1,17 mil milhões), respectivamente.

As receitas dos serviços de“ Design criativo” cifraram-se em 1,82 mil milhões de Patacas, com um VAB de 620 milhões, ambos os valores ocupando o segundo lugar, em termos de predominância nas indústrias culturais.

Com o crescimento das actividades de conferências e exposições realizadas em Macau no ano 2015, os ramos da publicidade e da organização de conferências e exposições desenvolveram-se notavelmente, totalizando 1,23 mil milhões de Patacas em receitas, as quais representaram 67,6% das receitas originadas pelos serviços de

“Design criativo”, enquanto o design de arquitectura representava 22,0% (400 milhões).

A formação bruta de capital fixo ficou-se por 77,10 milhões de Patacas, equivalendo a 8,1% do total das indústrias culturais.

2015

As receitas dos serviços das indústrias culturais cifraram-se em 6,24 mil milhões de Patacas e o valor acrescentado bruto (VAB), que reflecte o seu contributo económico, alcançou 2,05 mil milhões, representando 0,6% do VAB de todos os ramos de actividade económica de Macau.

Em 2015 existiam 1.708 organismos em actividade nas quatro áreas das indústrias culturais de Macau, as quais abrangem: “Design criativo”,

“Exposições e espectáculos culturais”, “Colecção de obras artísticas” e “Mídia digital”, com um total de 10.192 trabalhadores ao serviço e 1,56 mil milhões de Patacas de despesas com pessoal.

100,0 955,1

100,0 Receitas dos serviços

Devido à aquisição e ampliação do capital fixo dos organismos das indústrias culturais em 2015, a formação bruta de capital fixo atingiu 960 milhões de Patacas, dos quais 740 milhões em “Exposições e espectáculos culturais” (77,8% do total) .

Número de organismos e receitas dos serviços 77,1

106 MOP

Estatística Oficial. A reprodução destes dados só é permitida com indicação da fonte.

401

25 164

314 917

156 5

56 70

335

93 37

121 67

601

200 400 600 800 1 000

Ramo da publicidade

Organização de conferências e exposições

Design especializado

Do design até à produção/

distribuição

Design de arquitectura 106MOP

0 200 400 600 800

Receitas dos serviços VAB Organismos

Governo da Região Administrativa Especial de Macau Direcção dos Serviços de Estatística e Censos

especializado Design publicidadeRamo da

arquitecturaDesign de à produção/

distribuição Do design até de

Organização

e exposições conferências

(2)

Exposições e espectáculos culturais Principais indicadores

Organismos (Nº) Trabalhadores ao serviço Receitas dos serviços (106 MOP) Valor acrescentado bruto (VAB) Despesas com pessoal Formação bruta de capital fixo

Nota:

Colecção de obras artísticas Principais indicadores

Organismos (Nº) Trabalhadores ao serviço Receitas dos serviços (106 MOP) Valor acrescentado bruto (VAB) Despesas com pessoal Formação bruta de capital fixo

Nota:

55

10,7 34,1

14

87,8

27,8

3,0

3,6 109

1 371

2015

Os dados de 2015 incluem os serviços de fotografia, pelo que não podem ser comparados directamente com os de 2014.

Os dados de 2015 incluem os serviços relacionados com a formação de artes performativas e a operação de instalações de artes performativas, pelo que não podem ser comparados directamente com os de 2014.

2,2 230,7

743,3

A área “Exposições e espectáculos culturais” dedica-se aos serviços relacionados com a produção de artes performativas, a corretagem nas exposições e nos espectáculos culturais, a formação de artes performativas, bem como a operação de instalações de artes performativas. Os 168 organismos desta área tinham 1.829 trabalhadores ao serviço e despenderam 240 milhões de Patacas com pessoal.

As receitas dos serviços cifraram-se em 1,35 mil milhões de Patacas, principalmente provenientes da venda de bilhetes (56,4%), enquanto o VAB atingia 230 milhões. A formação bruta de capital fixo representou 77,8% (740 milhões), a proporção mais elevada das indústrias culturais.

2015 168

179,3 91 2014

A área “Colecção de obras artísticas” engloba a criação, venda e leilão de obras de arte (por exemplo: pintura, caligrafia, escultura, fotografia, antiguidades, jardinagem, etc.), bem como os serviços de fotografia.

Dos 109 organismos em actividade no ano em análise, 99 dedicavam-se a serviços de fotografia, com 435 trabalhadores ao serviço e 27,76 milhões de Patacas de despesas com pessoal.

1 129,4

119,7 242,9

435 1 346,1 1 829

121,9

Número de organismos e receitas dos serviços

2014

5,1 A produção de artes performativas compunha uma parte relevante da área “Exposições e espectáculos culturais”, com 119 organismos em actividade e 1.116 trabalhadores ao serviço, correspondendo as receitas anuais a 83,4% desta área, com 1,12 mil milhões de Patacas e um VAB de 120 milhões.

Existiam 40 organismos em actividade dedicados à formação de artes performativas, com 562 trabalhadores ao serviço, 46,3% dos quais em regime de tempo parcial. As receitas aproximaram-se dos 110 milhões de Patacas, com um VAB de 76,70 milhões de Patacas, ocupando o segundo lugar em termos de importância na área “Exposições e espectáculos culturais”, na qual predominou a produção de arte performativas.

Número de organismos e receitas dos serviços A dimensão da "Colecção de obras artísticas" era relativamente

pequena nas indústrias culturais, com receitas anuais de 87,78 milhões de Patacas, um VAB de 34,11 milhões e uma formação bruta de capital fixo de 3,58 milhões. Destacam-se os serviços de fotografia (um componente relevante da área), com receitas de 69,42 milhões que corresponderam a 79,1% do total das receitas desta área e cujo VAB equivaleu a 91,8% (31,30 milhões). Quanto à criação, venda e leilão de obras de arte, o VAB representou 8,2%

da área.

74 106

43 1 123

25 77

5 124

3 40

6 119

200 400 600 800 1 000 1 200

Produção de artes performativas

Serviços de corretagem nas exposições e nos

espectáculos culturais

Formação de artes performativas

Operação de instalações de

artes performativas 106MOP

0 20 40 60 80 100 120 140

Receitas dos serviços VAB Organismos

18

69

3

31 10

99

20 40 60 80

Criação, venda e leilão de obras de arte

Serviços de fotografia 106MOP

0 20 40 60 80 100 120

Receitas dos serviços VAB Organismos

(3)

Mídia digital

Principais indicadores

Organismos (Nº) Trabalhadores ao serviço Receitas dos serviços (106 MOP) Valor acrescentado bruto (VAB) Despesas com pessoal Formação bruta de capital fixo

Nota:

1)

2)

2015 Comparação dos principais indicadores dos serviços de fotografia

131,2

1 373,2 2 989,0

541,0 640,0 1 167,5

Incluem-se os organismos em actividade no ano de referência que forneciam serviços relacionados com: Design criativo; Exposições e espectáculos culturais;

Colecção de obras artísticas e Mídia digital. Os respectivos ramos de actividade económica estão descritos na "Classificação das Actividades Económicas de Macau (CAM) 1ª Rev.".

Estatísticas das Indústrias Culturais 3|

2015

Dos 99 organismos de fotografia, destacam-se 49 de fotografia artística para casamentos, com receitas de 37,95 milhões de Patacas(54,7%).As despesas com pessoal fixaram-se em 16,11 milhões, representando 64,5% dos serviços de fotografia.

Os dados de 2015 incluem o ramo da informação, pelo que não podem ser comparados directamente com os de 2014.

4 592

75,8

Número de organismos e receitas dos serviços

A área “Mídia digital” envolve serviços relacionados com a informação, publicação, produção de programas de rádio e de televisão, a exploração de cinema, bem como a produção e distribuição de filmes. Em 2015 existiam 512 organismos em actividade, com 4.592 trabalhadores ao serviço.

Mais de metade desta área pertencia ao ramo da informação (289 organismos), com 1.530 trabalhadores ao serviço (33,3%), enquanto existiam 177 organismos no ramo das publicações, com 1.857 trabalhadores ao serviço (40,4%).

As despesas com o pessoal da área “Mídia digital” cifraram-se em 880 milhões de Patacas, dos quais 310 milhões em produção de programas de rádio e de televisão (35,3%), 280 milhões em informação (31,5%) e 270 milhões em publicações (30,6%).

As receitas dos serviços da “Mídia digital” situaram-se em 2,99 mil milhões de Patacas, com predomínio nas indústrias culturais (47,9%). Destaca-se o ramo da informação, como principal componente da área "Mídia digital", cujo rápido desenvolvimento se deveu ao aumento da necessidade de meios informáticos, quer de software quer de hardware, impulsionado pela generalização da utilização da tecnologia informática nas actividades comercial e industrial. As respectivas receitas anuais atingiram 1,5 mil milhões, correspondentes a 50,1% da área “Mídia digital”. Seguiram-se-lhe as receitas do ramo das publicações, com 760 milhões (25,5%).

O VAB da “Mídia digital” totalizou 1,17 mil milhões de Patacas, salientando-se o do ramo da informação, com 440 milhões (38,0%) e o da produção de programas de rádio e de televisão, com 350 milhões (30,3%).

Da formação bruta de capital fixo de 130 milhões de Patacas, destacam-se 50,94 milhões (38,8%) do ramo da informação e 44,56 milhões (34,0%) do ramo das publicações.

876,8

2 976

512 207

2014

Selecção do objecto do inquérito: recolhe-se junto dos serviços públicos a lista de organismos envolvidos nos espectáculos e actividades culturais realizados ou adjudicados por esses serviços públicos, no ano de referência; toma-se como referência a informação sobre a "Base de Dados das Indústrias Culturais e Criativas" constante no respectivo Website do Instituto Cultural de Macau (abrangendo as empresas e associações das indústrias culturais e criativas); recolhe-se a informação sobre as exposições e espectáculos culturais realizados nas respectivas instalações de Macau, no ano corrente (incluindo denominações das entidades organizadoras ou das associações); e reune-se a informação sobre os estabelecimentos/empresas pertencentes ao âmbito do inquérito, os quais foram recém-registados na Direcção dos Serviços de Finanças (DSF).

Inquéritos da DSEC aos ramos de actividade económica conexos: Inquérito ao Sector dos Serviços; Inquérito Industrial; Inquérito ao Comércio por Grosso e a Retalho; e Inquérito ao Sector da Construção.

Âmbito estatístico

762

1 497

544

18

168 308

444

354

5

56 177

289

8

34 200 4

400 600 800 1 000 1 200 1 400 1 600

Ramo das publicações

Ramo da informação

Produção de programas de rádio e de

televisão

Produção e distribuição de filmes

Exploração de cinema 106MOP

0 50 100 150 200 250 300 350

Receitas dos serviços VAB Organismos

40,8 64,5 47,8

54,7

59,2 35,5 52,2

45,3

0 20 40 60 80 100

Formação bruta de capital fixo Despesas com

pessoal VAB Receitas dos serviços

% Fotografia artística para casamentos Outros serviços de fotografia

(4)

Exposições e espectáculos culturais

Leilão de obras de arte: organismos dedicados às actividades de leilão de obras de arte, tais como pintura, caligrafia, escultura, fotografia, antiguidades, jardinagem, etc.

Serviços de fotografia: organismos que prestam serviços de fotografia artística para casamentos e outros serviços de fotografia (fotografia para certificados, escolas, comércio, etc.). Os serviços de fotografia artística para casamentos englobam serviços de aluguer/venda de vestuário, serviços de maquilhagem, entre outros.

Operação de instalações de artes performativas: organismos dedicados principalmente ao fornecimento de instalações de artes performativas.

Designde arquitectura: empresas de "serviços de consultadoria de arquitectura e engenharia". Os indicadores são calculados de acordo com a proporção dos serviços de design de arquitectura nas empresas.

Do design até à produção/venda: marcas registadas na Direcção dos Serviços de Economia (DSE), os designers do Centro de Produtividade e Transferência de Tecnologia de Macau (CPTTM), a informação de “Macao Ideas ” do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM) e as empresas envolvidas em marcas de design constantes no Website das Indústrias Culturais e Criativas do Instituto Cultural (por exemplo: do design até à fabricação, comércio por grosso e a retalho do vestuário, dos produtos de uso diário e dos artigos de decoração). Os indicadores são calculados de acordo com a proporção de marcas de design locais nas empresas.

Ramos da publicidade e da organização de conferências e exposições: empresas que fornecem serviços de design gráfico, design de publicidade, design de exposições, entre outros.

898

Formação de artes performativas: organismos que fornecem formação artística (por exemplo: música, dança, arte, pintura, entre outras).

Mídia digital

Criação e venda de obras de arte: organismos e artistas dedicados à criação e venda de pintura, de caligrafia, de escultura, de fotografia, de jardinagem, etc.

Mídia digital

38

25

211 248

394

172 109 35

45 Produção de programas de rádio e de televisão; produção e distribuição de filmes; exploração de cinema.

3 Exposições e espectáculos culturais

Com actividade

Colecção de obras artísticas Área

Design criativo Taxa de resposta

Existiam 2.188 organismos dedicados aos serviços no âmbito das quatro áreas das indústrias culturais. A taxa de resposta foi de 77,1%, correspondente a 1.686 organismos, dos quais 1.090 estavam em actividade no ano de referência; 506 sem actividade; 90 encerraram ou ficaram fora do âmbito do inquérito. Aplicou-se o inquérito por amostragem a uma parte dos ramos de actividade económica das áreas "Design criativo" e "Mídia digital".

Encerramento ou fora do âmbito do

inquérito Sem

actividade Total

Ramo das publicações: publicações periódicas, livros e banda desenhada, incluindo publicações electrónicas.

Produção de artes performativas: organismos que producem espectáculos relacionados com ópera chinesa, teatro, musical, ópera, dança e música, bem como os que fornecem serviços logísticos de artes performativas (por exemplo: equipamentos sonoros).

Serviços de corretagem nas exposições e nos espectáculos culturais: serviços de intermediação para projectos das exposições e espectáculos culturais e os serviços de agências para actores.

10 168

171 48

Ramo da informação: organismos dedicados principalmente à exploração e concepção de hardware e software informáticos, de páginas electrónicas e de programas de jogos.

32 232

Colecção de obras artísticas

Não contactados e outras razões

264

419 Design criativo

854

Designespecializado: empresas dedicadas ao design comercial e de marcas, design de moda e vestuário, design de acessórios, design de jóias, design industrial, design de interiores, design de floricultura, bem como os designers registados como "profissões liberais e técnicas".

(5)

Para mais informações:

http://www.dsec.gov.mo/p/eic.aspx Sigla

MOP Patacas de Macau

Receitas dos serviços: consideram-se as receitas provenientes dos serviços das quatro áreas das indústrias culturais, antes de qualquer dedução de custos.

Incluem-se ainda as receitas das comissões. Excluem-se os juros recebidos e indemnizações de seguros.

2015 Estatísticas das Indústrias Culturais

Trabalhadores ao serviço: todos os indivíduos que trabalham para o organismo no último dia útil do período de referência, incluindo o pessoal remunerado e o pessoal não remunerado. Excluem-se os indivíduos ausentes por tempo indeterminado.

5|

Formação bruta de capital fixo: aquisições de todos os bens de capital fixo (novos, usados e produzidos pelo organismo para uso próprio), deduzidas as vendas dos bens de capital fixo. Os bens de capital fixo compreendem edifícios, mobiliário, maquinaria e equipamento, veículos e outros bens duradouros cuja vida produtiva é igual ou superior a um ano. Também estão incluídas as grandes obras de reparação, alteração e ampliação executadas nos bens existentes.

Valor acrescentado bruto: receitas mais variação de existências, menos compras de bens e serviços para revenda, menos comissões pagas, menos despesas de exploração.

Organismo: empresa ou associação que, exerce um único ou vários tipos de actividade económica, num ou em vários locais.

Despesas com pessoal: somatório dos ordenados e salários pagos, mais as remunerações em espécie e outros encargos.

Explicação dos termos

Figure

Updating...

References

Related subjects :